close

Churrasqueiro

LATEST POSTS from Churrasqueiro

5 fundamentos que você precisa ter para realizar cortes de carne

Com informações do Sociedade da Carne por Sociedade de Carne

 

A arte de realizar cortes de carne passa por alguns fatores. Primeiro a faca de churrasco, que precisa estar afiada, ser confortável, ter boa pegada e ser apta para esse trabalho. Em segundo, o conhecimento do churrasqueiro, que além de ser importante para realizar os cortes de carne, ainda contam para o resultado de sua reunião gastronômica. No entanto, existem alguns fatores que são básicos na hora do churrasqueiro cortar as peças de uma maneira ideal. Separamos 5 conceitos que todo comandante da churrasqueira precisa saber para fazer cortes de carne corretos e que passem longe de qualquer suspeita. Afie a faca e separe as peças. O churrasco está prestes a começar!

  • Limpeza e organização

    Antes de começar a realizar os cortes, é importante lembrar de deixar todo ambiente limpo e organizado, tudo para que você tenha uma agilidade maior ao fazer os cortes de carne. Então, se certifique que seu ambiente de trabalho, seja bancada, pia ou mesa, esteja livre e limpo para seu trabalho. Ah, e não esqueça de lavar bem suas mãos. Isso não só evita contaminações, mas também mostra a seus convidados que você está preocupado com a higiene de seu evento.

  • Conhecimento e objetivo

    É muito importante ter conhecimento sobre a peça que você vai trabalhar. Afinal, elas não são iguais e cada uma tem um cuidado diferente. O objetivo com o qual a peça será feita também influência, principalmente na espessura. Por exemplo: enquanto a grossura recomendável para bifes assados na grelha é de 2cm a 3cm, para peças feitas no espeto, o ideal são cortes de 5cm a 6cm.

  • Limpeza minuciosa

    Limpar a peça é muito importante. Livrar ela de todo sebo em excesso, gordura ou nervos desnecessários é a garantia de que nenhum convidado seu irá reclamar. Com uma faca bem afiada, retire toda impureza com movimentos suaves e tomando cuidado para não aprofundar muito os cortes – assim você evita que a gordura boa, responsável por parte do sabor e suculência da carne, seja prejudicada. E nada de lavar a peça! Além de não ser eficaz, faz com que ela perca sabor e suculência.

  • Olho nas fibras

    É quase que uma lei: antes de realizar qualquer corte de carne, é preciso identificar qual é o sentido da fibra. Esse é um dos segredos (senão o maior) para não oferecer um churrasco com peças duras. Lembra que cada tipo de peça tem sua individualidade? Pois então, algumas como a alcatra, por exemplo, precisam ser cortadas no sentido da fibra. Já para cortar a picanha é sempre contra a fibra.

  • Cortes parecidos

    Ao identificar as fibras, realize o corte de modo que a lâmina da faca deslize pela peça de maneira transversal, se atentando para o tamanho deles. Sempre que possível, deixe-os com dimensões parecidas. Se tiverem medidas muito diferentes, eles também vão assar em momentos diferentes, certo? Então, procure cortar de maneira igual. Com todas essas dicas bem fixadas em sua mente, a chance de realizar cortes de carne ruins é perto de zero. Todos esses conceitos garantem que as peças cumprirão bem o papel de manter o nível do evento. As carnes nobres que os associados do Clube do Churrasco têm acesso, além de exigirem muito menos trabalho para serem cortados, também elevarão o nível de seu evento de uma forma única. Veja os cortes de carne que já passaram por aqui e garanta um churrasco inesquecível.
 abc

Cuidados com as facas – limpeza a manutenção

Cuidados como limpeza, afiação, manutenção e conservação, com as facas e outros utensílios de cozinha, são fundamentais para sua qualidade e durabilidade,  evitando a ferrugem, cortes cegos, desenvolvimento de bactérias e outras consequências que irão afetar o seu desfruto e lazer na hora de prepara aquela refeição maravilhosa! Siga nossas dicas e seus utensílios terão um aumento em sua vida útil com maior qualidade:
  • Utilize as facas sempre para o tipo de fio e uso a qual foi projetada;
  • Use suas facas sobre tábuas de corte yuze ou de madeira,  materiais macios, evite o uso de tábuas de vidro ou diretamente sobre o aço, pois estes são os principais responsáveis por "cegarem" as facas, e não os alimentos em si;
  • Lave a lamina eliminando qualquer resíduo de alimento;
  • É recomendado que não lave suas facas em máquinas de lavar louça, o indicado seria lavar a mão, caso utilize esponja, use apenas o lado macio, evitando riscar sua faca;
  • Seque a lâmina cuidadosamente, caso sobre resíduo de água pode gerar ferrugem;
  • Mantenha sua faca sempre afiada, pois a força necessária para realizar o corte com uma faca cega é maior, aumentando o risco de acidentes.
abc

5 maneiras de afiar uma faca: ao estilo homem das cavernas ou homem social?

O sucesso de uma receita depende do seu preparo, não é? É nele que tudo começa. Pois bem, na hora de preparar carnes, o sucesso, e isso os churrasqueiros profissionais confirmam, está também na afiação da lâmina da faca. E ela faz toda a diferença! Um corte cego muda a aparência do prato, não muda? Além disso, o corte fino e perfeito depende não apenas do dom do churrasqueiro, mas também de uma lâmina afiada! Por isso, a afiação das lâminas de uma faca na hora de preparar ingredientes é essencial. Você já deve ter ouvido muitas histórias e muitas dicas sobre como afiar a faca em casa de maneira simples e prática, não é? E às vezes até experimentado alguma delas? (fica a pergunta!) Consideremos que afiar facas pode não ser uma tarefa muito simples dependendo das ferramentas que você possui pra isso! (isso é, na verdade, completamente verdade). Pensando nisso, em toda essa dificuldade que muitas pessoas experimentam até hoje, a yuze elegeu 5 maneiras, algumas delas bizarras (sim, ainda mais com toda a tecnologia existente) de afiar uma faca. Veja, com calma, e ao final nos responda: você, como você afia suas facas hoje? Está preparado para voltar no tempo?

1. Afiando a faca na pedra?

Sim, é muito comum, na falta de algo prático dentro de casa no momento de cozinhar, uma saída simples é afiar a faca na pedra, não é? Você já viu alguém fazendo isso? Como foi a experiência? Tudo bem, sabemos que isso é mais comum do que imaginamos, embora exista uma tecnologia incrível e totalmente acessível para essa função. Higiene? Não existe aqui. Praticidade? Onde está? Você sabe, afiar em pedra é uma tarefa para profissionais, portanto, se você não sabe usá-la, corre o risco de danificar sua faca. Se a afiação na pedra não for feita na angulação correta, em vez de afiar sua faca, você vai deixá-la mais cega!

2. Com Chaira?

Oi? Com o quê? Sim... Por mais indelicado que seja... Você já viu uma situação dessa?? Acho que não temos como comentar, já que todos os argumentos possíveis são contrários. Mesmo assim, para profissionais, a chaira é um ótimo instrumento para fazer o alinhamento do fio da faca. O problema é quando você não sabe usar a chaira! Se você não passar a faca na angulação correta, o fio vai acabar desalinhado.

3. No esmeril? (OMG)

Quanto espaço e quanta dificuldade para afiar um faca neste processo? Além do perigo! Ferramentas neste tamanho e com todo esse design ultrapassado já não fazem parte da nossa realidade. Alguém ainda insiste na eficiência deste produto? Veja, então, POR FAVOR, a opção número 5! Ao afiar facas no esmeril sem aplicar a pressão correta, a faca acaba criando aquela "barriga" na lâmina. Ninguém merece, né?

4. Na xícara?

A ideia é afiar a faca, certo? Tudo bem que a xícara talvez fique um pouco riscada.. mas, quem nunca quebrou o galho assim? Afinal, no dia a dia, nada como ter a praticidade de afiar uma faca em uma xícara, não é? (.....) Sim, fomos irônicos.

5. Com afiador de facas yuze (lindo!)

Por último, elegemos a forma mais prática, simples e incrivelmente elegante para isso! Podemos compará-lo com as opções anteriores? Pois bem, comparado à pedra, a higiene já está rendida no processo 1. E o afiador yuze ainda sai na frente, por ser muito mais higiênico que a pedra de amolar. Dificuldades no processo 1: encontrar uma pedra, desconforto no processo, perigo, preço: você sabia que pedras de amolar profissionais chegam a custar R$1000? Afiador de facas yuze: Preso por ventosa, onde você preferir: em qualquer superfície lisa! Como afiar facas no afiador yuze: facilidade total, basta deslizar, com muita leveza e suavidade, a faca no afiador, sempre com movimentos para trás: muito simples! Segurança? Total! Sem perigo, sem desconforto, sem incômodo nenhum! Quantas coisas já elegemos na primeira comparação, não? Mas vamos em frente! Comparado à chaira... o que é mesmo isso? O desconforto no processo já é totalmente aparente... sem falar que é enorme e deve ocupar bastante espaço, não? Bom, elegância, charme ou qualquer outra coisa relacionada à aparência - nota 0! Afiador yuze: simples, pequeno, moderno, design lindo! Em poucas palavras: perfeito. Precisa comparar mais? Na verdade, acreditamos que esta opção nem precisava. Com o terceiro exemplo, também podemos pular? O esmeril é um produto totalmente fora de moda! Enorme, que ocupa um espaço grandioso na cozinha! Sem falar do perigo e do desconforto para usá-lo. Novamente, não precisamos de comparações com o afiador de facas yuze... é até injusto! As imagens destes produtos já dizem tudo! Por último, e não menos ruim, afiar facas em uma xícara não é um processo bom, certo? Além de riscar e desgastar a porcelana das suas xícaras, é um processo que depende de muitas tentativas para quem sabe, quem sabe, um sucesso! É desgaste de manuseio, de utensílios e tempo! O afiador de facas yuze é perfeito para afiar a faca em qualquer momento da sua culinária. É preso por ventosa e possui lâminas vitalícias em cerâmica, que deixam o fio de qualquer faca de aço como se fosse novo! Além de tudo isso, possui design marcante, elegante e moderno! Quer só mais um motivo para experimentá-lo? Tem dois anos de garantia!

A vida é a gente quem faz. O dia a dia não tem receita.

yuze: your day, your way!abc

Dicas de como temperar seu churrasco

Embora, temperar a carne seja algo imediato no churrasco do final de semana, muitos churrasqueiros acabam pecando no tempero, pois caso o tempero estiver na medida certa e com os ingredientes certos, deixando a carne saborosa, além de provocar uma maior maciez na carne. O tempero mais comum e eficaz na hora de temperar a carne é o sal grosso, pois ele realça o sabor e mantém o suco da carne. Utilizado por muitos churrasqueiros profissionais, por vezes é o único ingrediente utilizado. Algumas vezes, a dúvida sobre quando e quanto de sal colocar na carne é recorrente, contudo não há uma medida exata para ser colocada, indicamos que coloque o sal grosso sobre a carne até que toda a área esteja coberta, deixe a carne descansar por até no máximo 30 minutos e leve para assar. Muito cuidado com o tempo de descanso da carne, caso ela passe do limite de tempo poderá perder sua maciez. Lembrando também, que quanto menor o corte da carne, menor será a grossura do sal. Para este tipo de tempero, as principais carnes são cupim, picanha, alcatra e costela. Outros tipos de carne, tais como frango, cordeiro e porco, aceitam com maior facilidade temperos mais variados. Alguns tipos de temperos podem ser utilizados para inovar nos sabores, por exemplo, molho barbecue, molho chimichurri, alecrim, tomilho, alho, azeite de oliva extra virgem, pimenta e outros mais, que irão surpreender os convidados. Uma dica importante, a ser acrescentada também, é evitar o uso de limão, vinagre ou água, como tempero antes de assar a carne, estes podem provocar desidratação da carne, deixando ela dura. Apesar de os acompanhamentos não fazerem parte do tempero, são indispensáveis, o arroz, maionese, salpicão de frango, pão de alho, saladas, farinha ou outros, serão fundamentais para o agrado dos convidados! Use da criatividade e aprecie os sabores! Com esta e outras dicas que esteremos publicando aqui no blog da yuze, você se tornará um grande mestre churrasqueiro.abc

INSTAGRAM