close

yuze na mídia

FEATURED POST

Not Post Found!

LATEST POSTS from yuze na mídia

yuze na mídia #22 – Especial de Natal – Produtos que recebemos

Com informações do Blog Receita Esperta Bom dia!!!
Como estão os preparativos para o Natal de vocês? Nessa data tão especial, cheia de coisas boas, resolvi preparar uma postagem também especial falando das marcas que me mandaram #presskit nesse mês de novembro, prestigiando o meu trabalho como blogueira.
Foi muita coisa legal que recebemos, marcas e produtos que eu não conhecia e adorei conhecer. Quero compartilhar com vocês o que mais gostei, o que provei e o que recomendo. Vamos lá?!
Fiquei chocada quando chegou esse quite das Cerâmicas Osaka! Ganhei um moedor de pimentas e um abridor de latas lindos demais! Além de lindos tem uma qualidade excelente e inauguram a parceria entre a empresa Osaka e a Yuze. Amei, amei!!! A Osaka é parceira do blog desde o início e nós amamos seus produtos!
A máquina para preparo de café expresso da UTAM UNO foi uma surpresa deliciosa! Aqui em casa somos apaixonados por café (principalmente o marido) e o sabor das cápsulas nos encantaram! O café fica realmente com sabor e aroma do café expresso, amamos!
Recebemos a seleção de vinhos de Novembro da Winelands que é uma empresa online de assinatura de vinhos. Esses são vinhos gregos! O legal da empresa é que cada mês são selecionados vinhos de um país e você pode entrar no site e escolher quais quer receber. Você paga uma mensalidade e todo mês chega a seleção em sua casa! Muito bacana!!! Eu escolhi um tinto e um espumante, o espumante já provei e amei! Teve post no Instagram e vai ter postagem especial com receita no blog logo, logo.
A VITAO ,empresa já parceira do blog, nos enviou uma seleção deliciosa de produtos com algumas novidades. Agora estão fabricando produtos para confeitarias, ou seja, em tamanhos maiores. Achei muito bacana! Os produtos conseguem ter baixa caloria sem perder o sabor. Sou super fã da marca e recomendo sempre. Amei o lançamento e já comecei a divulgar para amigos.
A importadora AllFood nos enviou um quite delícia com 3 queijos e 2 chocolates de Portugal. Já fiz receitinhas com todos os queijos e fui postando no Instagram Amei, amei! Destaque para o queijo Danablu Emborg (o triângulo) é o queijo de mofo azul mais famoso da Dinamarca, simplesmente delicioso! Um pouquinho já muda o sabor de pratos. Testei e adorei!
Eu amo castanhas e o Mix feito delas hehehe. Não conhecia a Supreme Food, mas fiquei encantada com a a abordagem da empresa. Destaque para o Mix Alto Astral.
A abordagem da empresa para com os produtos não é diferente, cada mix possui um nome diferente, são eles: Mix Alegria (amêndoas salgadas, cast. de caju salgada, cast. do Pará, amendoim salvado, uva passa preta); Mix Bom Humor (avelã, amêndoa, amendoim tostado, cast. de caju tostada e noz pecãn) e o Mix Alto Astral, o que achei mais diferente (cranberry, coco desidratado, damasco seco, figo seco e goji berry).
A Recepediabox fez uma homenagem às receitas típicas brasileiras, que se espalham de Norte a Sul do País. Assim, para celebrar a brasilidade enviaram alguns produtos para três receitas especiais: Bolinho de Chuva, Frango com Quiabo e Feijoada.
A embalagem do quite veio toda fofa, em forma de marmita embrulhada num paninho, dentro de uma cumbuca com os produtos. Fofo.
A Fhom Alimentos é outra empresa que não conhecia, mas amei conhecer. A missão é criar produtos puros, saudáveis e com total qualidade, proporcionando um retorno gratificante e compensador para todos.
Recebi 3 Mix Chips de Batata Doce que são simplesmente deliciosos, além de serem 100% naturais, produzidos com sal light e sem colesterol. A empresa me mandou um fôlder e pude ver a grande gama de produtos que possuem, como: torradas, amendoins e salgadinhos, croutons, batatas, food service e outros. Nossa, achei muito bacana a proposta da empresa e já fiquei curiosa para conhecer os demais produtos!
A Sapori é uma empresa que está no mercado desde 1989 elaborando produtos saborosos e saudáveis, feitos com vegetais, frutas e ervas frescas. Utilizam uma tecnologia na confecção das conservas que dispensa o uso de conservantes e os produtos já vem prontos para consumo.
Legal, né? Confesso que não sou fã de abobrinha e esse tipo de conserva, por outro lado, amooo molhos de tomates diferentes e esse com berinjela achei uma delícia. Já, inclusive usei o molho achei simplesmente delicioso, nossa sério, amei esse molho!
Um dos #presskit mais fofos que ganhamos foi com certeza os potinhos da Plasvale. Amooo corujas e eles acertaram em cheio nesse quite fofo pra mim.  Você entra no site da empresa e fica encantada com tanta coisa fofa que tem. Sou simplesmente apaixonada pela Linha Decor... queria tudo!!! Hehehe Adorei! Obrigada Plasvale pelas lindas peças.
A Mococa é parceira a muito tempo do blog e não deixaram de nos enviar um #presskit de Natal. Sou super fã do creme de leite da marca, é meu produto preferido! Obrigada a empresa pelos anos de parceria e pelos produtos delicia que sempre nos enviam.
A Comexim Bebidas nos mandou 4 águas da Acquíssima, sendo a normal, a com gás e mais três sabores: pêra, lichia e maçã verde. Eu não conhecia a linha de sabores da empresa e amei a de maçã verde! É sempre uma delícia conhecer novidades, eu adoro!
Nunca tinha recebido um #presskit da Sakura e fiquei muito feliz! Sempre conheci a empresa pela qualidade do seu shoyo e vi que eles tem muito mais produtos e novidades!!! Olha que bacana o kit que nos enviaram, não vejo a hora de provar os produtos! Obrigada!!!
A Espresso Blend Café nos enviou as suas 4 cápsulas para máquina de café expresso, que são nos sabores: gourmet, intenso, extra forte e tradicional. Ainda não provei, mas amei o presente! Obrigada pelo carinho. Quero agradecer a todas as empresas! Adoramos conhecer novidades e com eles produzir receitas e passar nossa opinião para os leitores. Com alguns produtos já fiz receitas que aparecerão aqui no blog, outros já foram destaque no Instagram... por isso não deixem de nos seguir e acompanhar. Um beijão e ótimo restinho de domingo. Priscila Schulz
abc

yuze na mídia #21 – afiador osaka

Com informações do Blog Mel e Pimenta Hoje vou falar sobre um produto especial que recebi para testar, é o Afiador Osaka, diferente de todos os afiadores oferecidos pelo mercado, ele deixa suas facas como novas com muita praticidade e segurança.
Confira alguns diferenciais desse afiador: – Ele é leve e pequeno, por isso, não ocupa espaço na sua cozinha, – Para sua segurança ele possui um sistema de sucção na base, com isso você não precisa segurar o afiador durante o uso evitando possíveis acidentes. – O afiador é composto por carbeto de tungstênio, por possuir uma dureza maior que o aço das facas, esta peça de cerâmica proporciona facas super afiadas. – O ângulo constante de 20º garante a afiação uniforme em toda lâmina da faca. – As lâminas de afiação não sofrem desgaste, por isso não precisam ser substituídas. – O produto possui 2 anos de garantia, sendo que a lâmina tem garantia vitalícia.
Minhas considerações após testar:  As facas ficam perfeitamente afiadas, o processo é super seguro e rápido, bastam 3 ou 4 passadas e a faca está novinha para uso e a durabilidade do “fio” é maior do que quando afiada com pedra de amolar. Todas facas da minha cozinha estão afiadíssimas. Vale muito ter esse produto em sua casa. A Osaka é uma empresa de Londrina no Paraná, consolidada no mercado, ganhadora de diversos prêmios de design. Se você gostou entre no link da loja online da Osaka e renove o corte de suas facas, lá você também vai encontrar as facas de cerâmica da marca. *O produto mencionado neste post foi enviado pelo fabricante. *Este post foi publicado gratuitamente e expressa minha honesta opinião.abc

yuze na mídia #20 – Facas Titanium

Com informações do Blog Mel e Pimenta A cozinha que sempre amei e ter um blog tem sido um constante aprendizado, cozinhar é testar, experimentar, ter dúvidas e com isso sempre buscar o melhor resultado no preparo, apresentação e sabor dos pratos. O blog tem sido um grande desafio que me leva a descobrir, buscar o melhor para poder compartilhar com meus leitores. Uma das constatações é que boas facas na cozinha fazem toda a diferença, sempre usei boas facas de inox e achava que eram boas facas, mas depois conheci as facas de Zircônia e agora as facas Titanium da Osaka, e confesso que me surpreendi com a diferença no resultado e na facilidade de ter um bom corte. Recebi um kit com 4 facas super coloridas e descoladas, são robustas e ao mesmo tempo muito leves, possuem lâmina em aço inoxidável com cobertura de titânio, elas acompanham uma capa protetora.
Confira algumas peculiaridades de cada faca da linha titanium:  Santoku (Verde): Origem japonesa, com as suas funções voltadas para o corte de legumes e ervas bem finas. Seu acabamento arredondado no final da lâmina contribui para o corte de cubos uniformes, uma vez em que essa estrutura dá segurança na pegada desse utensílio. Chef (Laranja): Essa faca é bastante versátil devido o tamanho de suas lâminas, quanto maior ela for, melhor o rendimento do corte. É indicada para lhe dar com peças grandes de carne ou em churrasco. Utility (Roxa): Útil para cortes de frutas e legumes e descascar alimentos que exijam precisão. Seu porte intermediário se encaixa em diversas finalidades domésticas, o que pode limitar o seu trabalho na cozinha. Parer (Amarela): Suas funções são voltadas para cortes de frutas pequenas e legumes, por exemplo, retirada do miolo de pimentas. Mas também, ela se torna útil para descascar e fatiar itens que se seguram na mão, como as cenouras e maçãs.
 
As facas não oxidam os alimentos que estão na fase de preparo; São facas inertes, ou seja, não transmitem partículas de suas propriedades ao sabor do prato; Podem ser afiadas com o afiador OSAKA.
Na imagem abaixo testei a faca amarela cortando os morangos em leque, o corte ficou super preciso e muito fácil. Além de facilitar sua rotina na cozinha, boas facas são imprescindíveis para alguns pratos que levam frutas, legumes e outros ingredientes que pedem corte super fino e preciso.
Saiba mais sobre a Osaka Cerâmica Avançada e visita a loja online .
abc

yuze na mídia #19 – Estudo aponta cinco áreas para inovação em Londrina

Saulo Ohara
Saulo Ohara - O diálogo com a sociedade está no DNA da PZL Eletrônica O diálogo com a sociedade está no DNA da PZL Eletrônica
A economia com um olhar mais atento para a inovação tecnológica, na qual o setor produtivo e instituições de ensino se conversam para o desenvolvimento calcado em um planejamento de médio e longo prazos. Em linhas gerais essa é a proposta do Planejamento do Ecossistema de Inovação de Londrina, que está em elaboração.
O projeto vem sendo discutido por representantes dos setores públicos e privados há mais de um ano e elencou cinco áreas prioritárias com potencial de inovação. São eles: agronegócio, TIC (telecom, hardware e software), química e materiais, eletrometalmecânico e saúde. A Fundação Certi, uma organização de pesquisa, desenvolvimento e serviços tecnológicos de Florianópolis, fez uma radiografia das cadeias produtivas da cidade levando em consideração a vocação, as potencialidades, as tendências e oportunidades de negócios. Segundo o economista, professor e colunista da FOLHA, Marcos Rambalducci, "faltava unificar os esforços de cada instituição, pública e privada no sentido de viabilizar a elaboração de estudos voltados a entender quais caminhos seriam mais propícios. Ele afirma que desenvolver economicamente uma cidade é estimular a criação de empregos, geração de renda e elevação na arrecadação. "Em última instância é melhorar a qualidade de vida de seus munícipes." Há uma década, começou a surgir em Londrina as governanças de TI, os hackathon, o smartagro e agora a cidade começa colher os frutos dessa inovação. E, de acordo com o gerente regional Norte do Sebrae (Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Paraná)Herverson Feliciano, faltava uma organização para potencializar as ações já existentes e fomentar novas iniciativas. "O princípio básico da inovação é a conexão das pessoas. Fazer com que os setores diferentes, academia, entidades de pesquisas conversem entre sim. Quando falamos em um ecossistema, a ideia é criar uma rede de distribuição e conectividade. Essa dinâmica é que gera desenvolvimento e inovação", explicou.
Ricardo Chicarelli
Ricardo Chicarelli - Guilherme Eiras: falta interação entre as áreas Guilherme Eiras: falta interação entre as áreas
SURPRESA Para Feliciano, o apontamento do setor químico e materiais pela fundação foi uma surpresa. "É algo pouquíssimo explorado em Londrina, mas que tem um potencial enorme comparado com outras regiões do Brasil. Esse é um setor subexplorado", comentou. Segundo ele, há diversas pesquisas na área, mas poucas empresas estão dedicadas a esse segmento. "Quando você fala em agronegócio, TIC, metalmecânica, é perceptível que Londrina é forte, mas engenharia de materiais e química nem tanto. Por isso, foi importante esse raio-X da Fundação Certi, que mostrou a capacidade de alavancar a competitividade de áreas que não estávamos olhando", disse o gerente.
Aline Machado Parodi Reportagem Local
abc

yuze na mídia #18 – Parceria entre Intuel e Sebrae capacitou mais de 70 empreendedores no segundo semestre de 2015.

Parceria entre Intuel e Sebrae capacitou mais de 70 empreendedores no segundo semestre de 2015.
imagem internet
O projeto Trilhas de Aceleração ofereceu aos incubados cursos quinzenais em diversas áreas. Entre os meses de julho e novembro de 2015 o Sebrae Londrina, em parceria com a Incubadora Internacional de Empresas de Base Tecnológica da Agência de Inovação Tecnológica da Universidade Estadual de Londrina (Intuel/Aintec), desenvolveu o projeto Start It Up - Trilhas de Aceleração, que tem como objetivo o treinamento e a capacitação de startups. Na Intuel, ao todo 74 pessoas foram capacitadas em quase 40 horas de cursos, palestras e oficinas. Entre elas, empreendedores de empresas incubadas na Intuel, além de representantes das empresas juniores Business Consultoria (Administração), ELO Consultoria (Psicologia), 3E (Engenharia Elétrica) e Tergeo (Geografia). Walter Maier Neto, sócio da Agropixel, destacou a importância dessa iniciativa. "Foi essencial para alinharmos a estratégia da empresa, rever e aprender novas técnicas, conceitos e teorias", conta. Ele explica que os cursos foram uma forma de parar a correria do dia a dia e repensar o planejamento, elaborar e monitorar o plano de ação da empresa, que terminou 2015 listada como as 100 empresas de alto potencial de investimento no Brasil. No total, foram ministrados dez cursos de qualificação em diferentes áreas, tais como gestão, jurídico, gestão da inovação, excelência em gestão, entre outros. Para Guilherme Eiras, sócio da Osaka, empresa também incubada, o treinamento de Modelo de Excelência em Gestão (MEG), foi o mais proveitoso. "Por apresentar uma metodologia validada internacionalmente, possibilitou melhorar os processos de gestão e monitoramento de indicadores da nossa empresa", avalia. Fabrício Bianchi, consultor do Sebrae Londrina, ressaltou o impacto positivo das parcerias com Instituições de Ensino Superior (IES), Incubadoras e Empresas Juniores. "Essa união é algo muito forte e que gera muitos negócios inovadores. Temos observado isso no momento em que projetos incubados entram no mercado competindo em alto nível", analisou. Ele também comentou que para o Sebrae é surpreendente a capacidade estratégica dos empreendedores em desenvolverem suas startups e o ecossistema em que estão inseridas. Em 2016, a parceria entre Sebrae e Intuel vai continuar e a previsão é que os cursos sejam retomados ainda no primeiro semestre. Intuel Um dos objetivos da Intuel é promover o empreendedorismo inovador, por meio do apoio a projetos e empreendimentos de base tecnológica visando a criação e desenvolvimento de startups inovadoras e sustentáveis. Todas as ações realizadas na incubadora são balizadas pelo Centro de Referência para Apoio a Empreendimentos (CERNE) que é um sistema de gestão da qualidade dos processos de incubação. Conheça a Intuel pelo site: www.aintec.com.br/intuel Natalia Malvezzi Comunicação Aintec AINTEC - Agência de Inovação Tecnológica da UEL (43) 3371-5812 www.aintec.com.brabc

yuze na mídia #17 – Cinco Startups Londrinenses são selecionadas para incubação na UEL

Cinco Startups Londrinenses são selecionadas para incubação na UEL.
Socio fundador da Osaka, Guilherme Eiras
Socio fundador da Osaka, Guilherme Eiras
Empreendimentos são de diferentes setores e com alto potencial inovador A Agência de Inovação Tecnológica da UEL (Aintec) selecionou cinco empreendimentos que serão incubados por meio da Incubadora Internacional de Empresas de Base Tecnológica da UEL (Intuel). Três dos projetos são voltados à área de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC), um da área odontológica e outro da área de meio ambiente. Os novos empreendimentos iniciam o processo de incubação em janeiro de 2015. "Nossa expectativa é grande, pois como a UEL é referência em pesquisas na área agrícola, ser incubado na Aintec/Intuel será uma junção positiva. Temos um produto que levará o conhecimento ao campo e criar uma empresa já com essa parceria será estratégico", avalia Francisco Nogara, empreendedor da Selite que foi aprovada no processo seletivo. A Aintec bateu o recorde de inscrições nesse processo seletivo, foram 26. "Isso mostra a grande demanda de profissionais querendo empreender. A escolha envolveu uma série de critérios, entre eles, o alto potencial inovador dos produtos", explica Edson A. Miura, diretor da Aintec. Dos 26 projetos inscritos, 15 foram selecionados para a segunda fase, que foi composta por uma banca avaliadora de especialistas em várias áreas. Além da inovação, as propostas foram avaliadas também pelo potencial de mercado, pelo perfil do empreendedor e sua equipe, pelo capital, gestão e o modelo de negócios. "No próximo ano, serão sete novos empreendimentos na Intuel, sendo que além desses cinco novos, outros dois da área de biotecnologia serão incubados, pois foram vencedores na 5ª Feira da Ideia e Inovação. São novos negócios que irão crescer com o apoio da incubadora, que atua na promoção do empreendedorismo inovador", salienta Edson Miura. Novos projetos Conheça as cinco Startups que foram selecionados pela Aintec: Gestão de árvores – Software voltado à Administração Pública que permitirá a identificação do posicionamento geográfico de cada árvore na cidade, proporcionando um melhor manejo dessas plantas e o aprimoramento da gestão pública. Infiltrador de Água – Acqua Conte - Equipamento para captação de água pluvial e infiltração de água no solo, que atua na prevenção de enchentes, além de retirar das vias públicas o excesso de água pluvial. Lineari – Software que vai facilitar a comunicação entre os fabricantes de móveis e as lojas. Osaka – Cerâmica Avançada – Desenvolvimento de uma cerâmica translúcida para que não haja necessidade de coloração posterior das próteses odontológicas. A Startup já vem desenvolvendo utensílios domésticos ( facas de cerâmicas e afiador de facas Osaka) já utilizando esta tecnologia. Selenite – Sistema de tecnologia de informação voltado a um ambiente para integrar agricultura de precisão, fundamentos agronômicos, ferramentas de gestão, geoprocessamento e sensoriamento remoto. Vencedores da 5ª Feira da Ideia e Inovação Em outubro deste ano, a Aintec promoveu uma feira de protótipos e projetos voltados ao setor produtivo. Dos 30 projetos que participaram da feira, dois deles foram selecionados para serem contemplados com a incubação na Agência. São eles: - Biofertilizantes MA – Empreendimento da área de biotecnologia que vai desenvolver biofertilizantes capazes de diminuir significativamente o custo e aumentar a produção de soja, algodão e milho. - Alterações no microbioma de animais – Empreendimento também da área de biotecnologia vai caracterizar bactérias do intestino de animais como forma de elaborar manejos alternativos ao uso de antibióticos na promoção do crescimento desses animais. Intuel A Aintec, por meio da Intuel, oferece uma série de ações para o desenvolvimento dos projetos inovadores. São disponibilizados cursos e oficinas sobre gestão e administração de empresas; acompanhamento e avaliação contínuas do empreendimento; consultorias e assessorias durante o desenvolvimento do projeto; aplicação do modelo de gestão da qualidade para avaliação e acompanhamento das empresas; serviços de propriedade intelectual; espaço individualizado; e infraestrutura completa. Tatiana Fiuza Coordenadora do Escritório de Transferência de Tecnologia AINTEC - Agência de Inovação Tecnológica da UEL (43) 3371-5812 www.aintec.com.br Gostou do artigo? Seja o primeiro a compartilhar com seus amigos no Facebook. Vera Moraes Designer e Jornalista www.enterx.com.brabc

yuze na mídia #16 – Design e inovação de Londrina terão espaço em feiras internacionais.

Design e inovação de Londrina terão espaço em feiras internacionais.
Abridor de lata Yuze Abridor de lata Yuze
Os eventos acontecerão em fevereiro e março e reunirão investidores e compradores do mundo inteiro Iniciar os planos para exportação chegando a grandes mercados. Essa é a aposta da Yuze, empresa ligada à Incubadora Internacional de Empresas de Base Tecnológica da Agência de Inovação Tecnológica da Universidade Estadual de Londrina (Intuel/ Aintec), que vai começar 2016 participando de duas maiores feiras internacionais do setor de bens de consumo.
Abridor de garrafa Yuze Abridor de garrafa Yuze
Em fevereiro, entre os dias 12 e 16, a Yuze estará na Ambiente, em Frankfurt (Alemanha), e em março nos dias 05 a 08 na International Home + Housewares Show, em Chicago (EUA). A participação da empresa conta com o apoio da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (APEX-Brasil).
Afiador de faca Yuze Afiador de faca Yuze
Em 2015, no segundo ano de atuação da incubada, junto com o apoio da APEX, iniciou a estruturação do departamento de exportação com a contratação de um colaborador focado no comércio exterior. "Somos uma grande empresa, ainda pequena", brinca Guilherme Eiras, sócio da Yuze. Ele conta que a estratégia da empresa e os produtos são pensados para o mercado global, desde o desenvolvimento de embalagens até conteúdo. "Claro que ainda temos muito para aprender, por isso nossa expectativa inicial é conhecer os mercados e, fazer as primeiras exportações da empresa", explica. Feiras A Ambiente é uma feira, que contará com mais de 134 mil pessoas, entre visitantes e profissionais de mais de 150 países. Os produtos expostos estarão dividos em três categorias. A Yuze vai participar da primeira que é a de Jantar, que abrange utensílios para cozinha moderna e elétrodomésticos. O afiador de facas Yuze, de acordo com Guilherme, será um dos destaques nesse ambiente. O produto foi desenvolvido em parceria com o SEBRAE durante o programa SEBRAETEC. O afiador e os demais produtos do portfólio da Yuze, que hoje totalizam 15 produtos também serão levados para a International Home + Housewares Show, que contará com 2,1 mil expositores e 62 mil participantes de mais de 125 países. Um dos destaques dessa edição é a mostra prévia das novidades dos expositores estreantes, quando compradores e imprensa de todo o mundo visitarão, antecipadamente, o pavilhão que receberá 60 expositores que participarão pela primeira vez desses eventos, incluindo a Yuze. Intuel A Intuel tem como objetivo fundamental apoiar projetos e empreendimentos de base tecnológica, visando à criação de empresas inovadoras e sustentáveis. A missão da incubadora é fomentar o empreendedorismo inovador e para isso disponibiliza uma série de benefícios voltados aos pequenos negócios. Saiba mais em: www.intuel.com.br Yuze A Yuze é uma empresa de utensílios domésticos para cozinha, com materiais em cerâmica e plástico. Desenvolve produtos de alto benefício, focados na experiência de consumo e satisfação pessoal, além de design e funcionalidades inovadores, tornando os processos de utilização mais simples e seguros. Conheça os produtos da Yuze clicando AQUI Natalia Malvezzi Comunicação Aintec AINTEC - Agência de Inovação Tecnológica da UEL (43) 3371-5812 www.aintec.com.brabc

yuze na mídia #15 – Startup londrinense foi selecionada pelo programa Design Export.

Startup londrinense foi selecionada pelo programa Design Export. Programa beneficia empresas que apresentam produtos inovadores e com foco na exportação A Yuze, startup da área industrial de utensílios de cozinha em cerâmica, de Londrina, é uma das contempladas pelo programa Design Export, uma iniciativa da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e do Centro Brasil Design (CBD). O Design Export estimula o desenvolvimento de produtos para exportação e o edital contempla empresas que apresentam produtos inovadores. O CBD é especializado em idealizar, desenvolver e implementar projetos estratégicos e processos de design para a indústria e órgãos governamentais, com o objetivo de melhorar a competitividade e o desenvolvimento econômico e social do Brasil. Possui atuação nacional e conta com um time de experts com visão holística e altamente eficientes. Para a Diretora Executiva do CBD, Letícia Castro, a nova edição do programa contribuirá para que as empresas brasileiras conquistem um diferencial competitivo e consigam se destacar fora do país. "Nosso objetivo é fazer os empresários perceberem o valor do design enquanto agente transformador capaz de gerar inovação, agregar valor e possibilitar avanços estratégicos". A Yuze vai receber um aporte de R$ 18 mil para criar um mecanismo mais eficiente para a utilização de produtos domésticos sem fazer esforço. "O novo sistema vai facilitar os usuários nos movimentos para abrir, girar, moer ou picar, utilizando apenas uma mão", explica Guilherme Eiras, idealizador do projeto. Para ele, a vantagem do programa Design Export é o foco no design. "Nós sempre nos preocupamos com o design, que é fundamental para o desenvolvimento de um produto funcional. O design faz parte da concepção dos produtos da Yuze", afirma. Destaque No norte do Paraná, o Sebrae/PR possui uma linha de atendimento voltada exclusivamente para as startups, que são empresas ancoradas em um modelo de negócios repetível e escalável. O projeto contempla, até agora, a participação de 182 empresas. A Yuze é uma delas. Para Fabrício Bianchi, consultor do Sebrae/PR, a seleção da startup londrinense no Design Export mostra que o projeto está no caminho certo. "Nossas startups estão se destacando em programas de aceleração e em editais que são referência no Brasil e no mundo todo, graças ao bom desempenho e qualidade de seus projetos. Nós, do Sebrae/PR, incentivamos a inscrição em ações como o Design Export porque esses programas conectam as startups a profissionais e instituições que podem ajudá-las a aprimora os seus projetos, aumentando ainda mais a sua competitividade", afirma Bianchi. Sobre o Sebrae/PR O Sebrae/PR – Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Paraná é, para quem já é ou quer ser empresário, a melhor opção para obter informação e conhecimento. Criado na década de 1970, o Sebrae é a instituição que mais entende de pequenos negócios, no campo e na cidade, e possui a maior rede de atendimento do País. No Paraná, conta com 6 regionais e 13 escritórios. A instituição chega aos 399 municípios por meio de Pontos de Atendimento, Salas do Empreendedor e parceiros locais, como associações, sindicatos, cooperativas, órgãos públicos e privados. O Sebrae/PR oferece palestras, orientações, capacitações, treinamentos, projetos e programas, soluções com foco em ambiente de negócios; educação empreendedora; empreendedorismo e gestão; empresas de alto potencial e potencialização; liderança; e startups. Informações para a imprensa: Savannah Ações em Comunicação - empresa licitada do Sebrae/PR Assessoria de Imprensa Sebrae/PR - Regional Norte: Giovana Chiquim (43) 9135-3040/ (43) 8808-2598/ (43) 3344-3403 jornalismolondrina@savannah.com.br Coordenação Savannah: Jaqueline Gluck (41) 3035-5669 | 9602-7541 Adriano Oltramari – Jornalista do Sebrae/PR
abc

yuze na mídia #14 – 10 lições que aprendi com minha startup antes de ganhar 1 milhão.

10 lições que aprendi com minha startup antes de ganhar 1 milhão.
Guilherme Eiras Guilherme Eiras
A empresa OSAKA, Startup londrinense fundada no ano de 2012 para desenvolver produtos inovadores em cerâmica avançada, atingiu seu primeiro milhão de faturamento em pouco mais de um ano de mercado. De acordo com o sócio fundador da empresa, o engenheiro mecânico Guilherme Eiras de 26 anos, o sucesso se deu principalmente ao aliar alta tecnologia ao desenvolvimento de utensílios de cozinha inovadores, como o Afiador de Facas OSAKA e as Facas de Zircônia OSAKA. Desde o início da comercialização dos produtos em 2013, em Londrina e região, a empresa explodiu: "Hoje são mais de 1000 Clientes em 22 Estados", revela Guilherme. O crescimento não para por aí: Focada em inovação, a empresa já investiu R$ 200 mil no desenvolvimento do branding (marca e posicionamento de mercado) e no design de 10 novos produtos, que deverão ser lançados em 2015. O projeto só se viabilizou com o apoio do SEBRAE, que por meio de seu programa SEBRAETEC, viabiliza projetos de inovação em empresas nascentes. Inicialmente a marca OSAKA foi criada pensado nas facas de cerâmica, devido ao novo posicionamento de mercado da startup foi criado um novo conceito de branding surgindo a marca YUZE , baseado em design thinking. Guilherme ressalta o apoio de órgãos governamentais para o sucesso de sua startup: "O dinheiro está disponível, mas muitas vezes não há projetos, talvez por desconhecimento dos empresários ou por acharem que é muito difícil." Guilherme vai ser um dos mentores no Startup Weekend Londrina, o maior evento de startups mundial. Vai acontecer nos dias 14, 15 e 16 de Agosto. Guilherme deu dicas preciosas do que aprendeu com sua startup nestes quase 3 anos de existência. Confira abaixo: 1.Esqueça o produto. Todas as empresas sabem o que fazem; algumas sabem como fazem; poucas sabem por que existem. Focar em sua estratégia é o melhor meio de atingir o crescimento e se estabelecer no mercado. Difícil? Comece, então, pensando no seu mercado: defina uma estratégia de posicionamento e atuação de sua marca para seu público-alvo. Só depois defina os produtos. Quem pensa em produto se limita; Pense no mercado e na estratégia, e você rapidamente terá tantos produtos que sua imaginação (e conta bancária) não darão conta. 2.Lance-se o mais rápido possível. Nossa marca foi feita no PowerPoint e nossos primeiros catálogos no Paint. Não espere o "perfeito" para começar a receber feedbacks do mercado. Eles serão indispensáveis para você nortear toda a sua estratégia e pivotar, se necessário. 3.Pivote rapidamente. O termo é derivado do inglês to pivot ("mudar" ou "girar") e designa uma mudança radical no rumo do negócio. A primeira ideia de negócio da empresa foi criar facas de cerâmica. Entramos no mercado timidamente. A segunda ideia foi criar o Afiador de Facas OSAKA. Em seis meses estávamos em quase todos os estados do país. A razão? Entendemos que as pessoas compram benefícios, e não tecnologia. Busque o que seu mercado quer, e se não for o seu produto, mude. Essa é a mudança mais barata. Acredite. 4.Não tenha medo de falar com os grandes. Nossa primeira reunião de vendas foi para colocar o Afiador OSAKA na televisão. Não deu certo, mas recentemente fomos recebidos no showroom de quem seria nosso maior concorrente – e surgiu uma parceria inesperada! Quando procuramos fornecedores, sempre falamos com os maiores da área – muitas vezes imaginamos que os preços são impagáveis – e na maioria das vezes estamos errados. 5.Invista na sua marca. Se você nunca ouviu falar em Branding, é melhor começar: defina como sua marca será vista e percebida por seus diferentes públicos, e qual a linguagem a ser utilizada. Marca forte é aquela que oferece vantagem real ao consumidor e sabe comunicar isso com clareza. Sempre. 6.Busque parcerias. Todos os seus projetos precisarão de (muito) dinheiro. Defina primeiro os projetos; se ele for realmente inovador e escalável, o dinheiro virá. Parcerias são fundamentais também para networking. Associe-se a entidades ligadas ao seu negócio. Os benefícios e projetos geralmente chegam por elas. Procure o SEBRAE. APEX. Associações Comerciais. Projetos setoriais. Aceleradoras. Incubadoras. Conecte-se! 7.Seu problema será o canal de distribuição. Os problemas com o produto ficam pequenos perto dos desafios de distribuição: onde estão seus clientes? Como você fará o relacionamento? Onde encontrar representantes? Vendedores? Distribuidores? Gaste energia com essas questões desde o começo. Respondê-las será fundamental para garantir seu sucesso no mercado. 8.Clientes nem sempre tem razão... Mas não podemos perdê-los! É melhor perder a batalha e ganhar a guerra. Invista em um CRM, seja rápido em suas respostas e esteja sempre em contato. Segmente seus clientes para gastar menos energia e dinheiro em suas campanhas. Esteja sempre um passo à frente. A entrega atrasou? Experimente ligar antes que ele reclame. O problema ainda está ali, mas a receptividade será outra, acredite! 9.Esqueça vendas consignadas. Um de nossos primeiros clientes pegou uma pequena quantidade de afiadores consignada. Seis meses depois, quando estávamos com problemas para suprir nossa demanda, ligamos, para ver como estava seu estoque: não havia vendido nada! Consignação não funciona. Procure sempre os clientes dispostos a pagar por seu produto. Se não encontrar, mude o produto. 10.Tenha um mentor. Procure um investidor anjo, Venture Capital, seu chefe, tio rico... enfim, pessoas com experiência e que te ajudem a tomar as melhores decisões. Sabe aquela "pergunta de 1 milhão de dólares?" Eles tem a resposta. www.osakastore.com.br Quer saber mais dicas deste empreendedor? Faça sua inscrição no Startup Weekend Londrina, Guilherme e muitos outros empreendedores estarão lá para tirar suas duvidas e te ajudar a criar sua startup. Esta esperando o que? Inscreva-se no Startup Weekend Londrina AQUI. Quer saber mais sobre este evento? Clique na pagina principal AQUI.abc

yuze na mídia #13 – Fim de Semana de Empreendedorismo

Começa hoje a Startup Weekend, evento de empreendedorismo que segue até domingo (17), no campus Londrina da PUC-PR (Pontifícia Universidade Católica do Paraná). O evento começa às 19h. Durante três dias, equipes se unem para trabalhar em torno de boas ideias de negócios, eleitas por votação. São 54 horas para o desenvolvimento do modelo de negócio, a programação, o design e a validação da ideia. No decorrer do fim de semana empreendedor, os participantes contam com a ajuda de mentores e coaches renomados na área de startups e com mini palestras de temas relacionados à construção de um negócio inovador. A apresentação dos projetos é realizada ao final, com direito a feedback dos jurados. A organização revelou o nome dos "speakers" da Startup Weekend deste ano: Roberto Moreira, um dos fundadores d'A Deliveria (adquirida pelo iFood) e co-fundador da Poog, startup de moda para pets - que fará uma introdução ao evento; Henrique Ceciliato de Carvalho, professor de cursos nas áreas de negócios da PUC-PR campus Londrina e instrutor e consultor organizacional – que irá falar sobre Canvas - Modelagem de Negócio; e Luiz Fernando Gomes, co-fundador e líder de produto @ Lotebox, startup de Recife que atua no mercado de logística marítima. Ele dará dicas sobre o Pitch e como os participantes podem apresentar a sua startup. Segundo Marlon Pascoal, um dos organizadores, o evento já tem mais de 80 inscritos de Londrina e de outras cidades como Balneário Camboriú, Fortaleza, Brasília, Maringá, Rolândia, Arapongas, Apucarana, Cornélio Procópio e Presidente Prudente. As inscrições já estão encerradas, mas os interessados podem entrar em contato com a organização pela página do evento no Facebook (www.facebook.com/SWlondrina/) ou pelo telefone (43) 9 9671-8329 para checar a possibilidade de participar. Em sua terceira edição na cidade, o Startup Weekend é um evento global de imersão onde pessoas que desejam empreender podem se encontrar com empreendedores e descobrir se suas ideias de startup são viáveis. Segundo a organização, mais de 8 mil negócios já foram criados em todo o mundo desta maneira, em cerca de 100 países. No Brasil, um exemplo é o Easy Taxi, que surgiu na edição carioca do Startup Weekend, em 2011. Nomes conhecidos Esse ano, Pascoal destaca a forte presença como mentores de empreendedores londrinenses, que se tornaram especialistas em startups. Estão entre os mentores e coaches da Startup Weekend 2017 Roberto Moreira, da Poog; Mariana Bonora, cofundadora e COO da Bart Digital; Willian Ruivo, empreendedor serial e consultor em gestão com foco em criação de novos negócios e planejamento estratégico empresarial. Também estão presentes Luiz Gomes, da @ Lotebox; Ravi Gama, diretor regional da Founder Institute (Maringá e Londrina), entre outros. Os juízes são o deputado estadual Tiago Amaral, a diretora da PUC-PR campus Londrina Nádina Moreno, o consultor do Sebrae Fabrício Bianchi, Guilherme Eiras, empreendedor do Osaka/Yuze, e Galleger Ilhe, diretor comercial na Bis2Bis Comércio Eletrônico. O facilitador do evento é Zenuel Lins, gestor de Tecnologia da Informação do Grupo Tambaú, idealizador e organizador do primeiro startup weekend do interior de Pernambuco, evangelista de empreendedorismo e apoiador da iniciativa Brasil mais Empreendedor e co-fundador da Startup Comic Bits.
Mie Francine Chiba Reportagem Local - Folha de Londrina
abc

INSTAGRAM