close
Limão azedo demais: o problema da fragrância sintética em produtos de limpeza
Cozinha

Limão azedo demais: o problema da fragrância sintética em produtos de limpeza

Com informações de Cozinha Consciente
Por Mônica Souza

 

Sabe aquele cheirinho de limão do detergente para lavar louça que você usa na pia da cozinha? Muito provavelmente, o limão só existe na embalagem. É quase certo que o cheiro do produto em si seja artificial, isto é, não venha da essência natural do limão, e sim de fábricas especializadas em produzir uma infinidade de fragrâncias sintéticas a partir de substâncias petroquímicas.

“Ah, mas o cheiro é tão agradável!”, você deve estar pensando. Pois é, mas há cada vez mais evidências científicas de que fragrância sintética causa uma série de problemas à saúde humana.

Uma das substâncias que mais causam preocupação aos pesquisadores é a substância ftalatos. Usada para aumentar a durabilidade do cheiro de fragrâncias, a substância atrapalharia o funcionamento do sistema endócrino, o sistema que regula os hormônios no corpo humano.

Pesquisadores têm demonstrado, por exemplo, que a substância ftalatos está associada a puberdade precoce em meninas, a redução de esperma em homens e a problemas reprodutivos em fetos do sexo masculino, quando a mãe é exposta à substância durante a gravidez.

Não é somente do ponto de vista da saúde do ser humano que as fragrâncias sintéticas são nocivas. Do ponto de vista ambiental, são altamente poluentes. Quando lavamos a louça com um detergente que contém fragrância artificial, por exemplo, as substâncias usadas pelo fabricante para dar o cheirinho ao produto acabam descendo ralo abaixo junto com a água. Alguns de seus componentes alcançam as hidrovias e se acumulam no tecido adiposo de organismos aquáticos, contaminando os peixes e, consequentemente, a cadeia alimentar da qual fazemos parte.

“Mas eu preciso lavar louça e limpar a cozinha! Se os produtos convencionais são nocivos à saúde e ao meio ambiente, o que devo usar, então?”, você deve estar se perguntando.

Uma caixinha de bicarbonato de sódio e uma garrafa de vinagre natural (pode ser de maçã, por exemplo) resolvem quase tudo na cozinha. Dá para limpar bancada, pia, fogão, etc, com a combinação acima (instruções no final do post). Se você não curte o cheiro de vinagre, dá para preparar, em casa, seu próprio material de limpeza para cozinha. Dá um pouco mais de trabalho do que usar o bicarbonato de sódio e vinagre, mas não é nenhum bicho de sete cabeças e você usará cascas de frutas cítricas de verdade, em vez da imitação barata produzida em uma fábrica (receita para o material de limpeza no final do post).

Para lavar a louça, uma boa alternativa é usar um detergente biodegradável de marcas que usem substâncias naturais na composição de seus produtos. Nesses casos, o cheirinho do produto vem de essências naturais. A marca BioWash é uma boa opção. Sempre vejo para vender em lojas de produtos naturais.

 

“Ah, mas esses produtos alternativos são bem mais caros do que os convencionais”, você deve estar pensando. É verdade, os produtos de limpeza convencionais, aqueles vendidos em todos os supermercados, são realmente mais baratos. Mas que tal reverter o dinheiro que você vai economizar usando bicarbonato de sódio e vinagre na limpeza da cozinha para a compra de um detergente de louças biodegradável e com fragrância natural?

A fragrância sintética, infelizmente, representa somente uma parte dos potenciais problemas causados por produtos de limpeza de cozinha. Para ler sobre outras substâncias potencialmente tóxicas.

Em tempo: o texto tratou especificamente de produtos de limpeza de cozinha por motivos óbvios, mas a mesma argumentação vale para os produtos de limpeza voltados para outras partes da casa e para produtos de higiene pessoal e cosméticos de maneira geral.

Use e abuse de bicarbonato de sódio e vinagre natural e compre somente o estritamente necessário de fabricantes preocupados com a nossa saúde e com o meio ambiente.

Como usar bicarbonato de sódio e vinagre para limpeza

Primeiro, misture um pouco de bicarbonato com água, criando uma pastinha branca. Essa pastinha é ótima para remover gordura. Se estiver muito sujo, é só deixar a pastinha de bicarbonato agir por alguns minutos. Com a superfície já limpa, é hora de passar um pouco de vinagre, que deve ser diluído em água (dá para deixar a solução de vinagre e água já pronta em uma garrafa plástica reaproveitada). Para dar um cheirinho agradável à mistura de água com vinagre, você pode adicionar algumas gotas de algum óleo essencial, como o óleo de lavanda ou óleo de melaleuca. Uso esse esquema para limpar minha cozinha há anos e nunca tivemos problema algum. Ninguém diz que que minha cozinha não foi limpa com material de limpeza convencional.

Receita de material de limpeza caseiro  

Você vai precisar de:

  • 1 jarro com tampa que vede bem
  • 1 peneira fina
  • 1 bacia grande
  • 1 garrafa com spray

Ingredientes:

  • Cascas de limão (suficiente para encher o jarro com tampa pela metade)
  • Vinagre branco (suficiente para cobrir as cascas de limão)

Opcional: ervas de sua preferência (para aumentar ainda mais o aroma)

Modo de Fazer: O ideal é ir guardando as cascas enquanto você usa o limão no dia a dia. Quando chegar à metade do volume do jarro, preencha com vinagre branco. Se desejar, pode adicionar ervas de sua preferência. Tampe o jarro e guarde num local escuro por 2 semanas. Quanto mais tempo você deixar, mas perfumado vai ficar. Depois de deixar esse tempo, coe o vinagre despejando o conteúdo sobre uma peneira colocada sobre uma bacia, descartando as cascas. Coloque o vinagre numa garrafa com spray. Use na limpeza geral de casa. (Sugestão adaptada de: The Kitchn)


Fazer diferente. É a nossa principal diretriz. Ousar, questionar, surpreender. Buscar soluções inusitadas para o cotidiano das pessoas. your day, your way. Nossos Produtos: Afiador de facas, facas gourmet, moedor de sal, moedor de pimenta, descascador, tábua de corte, ralador, dentre outros.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

INSTAGRAM